Professores de Natal aprovam indicativo e entrarão em greve na próxima segunda-feira


Foto: Sinte-RN


Os educadores de Natal aprovaram indicativo de greve na última quarta-feira (1º). A deliberação foi confirmada em Assembleia presencial realizada pela direção do SINTE/RN no Clube América, a primeira depois de quase dois anos de pandemia. O encontro reuniu 400 professores no local, mais cerca de 300 participando de forma remota. Todos com direito a voto. Ficou acertado que o movimento grevista será deflagrado na próxima segunda-feira, 06 de dezembro, em mais uma Assembleia, às 14h. O local do encontro ainda não foi definido.

Paralisar as atividades por tempo indeterminado foi a última alternativa encontrada pela Rede Municipal para tentar arrancar da Prefeitura a atualização salarial 2020, reivindicada há quase dois anos.

De janeiro do ano passado para cá, entre outras coisas, várias desculpas foram apresentadas pelo município. As escassas propostas apresentadas foram consideradas inaceitáveis pelos educadores. A última, exposta durante a 4º audiência de conciliação com o Sindicato, também foi rechaçada coletivamente. Isso porque consiste em implementar 6,42% dos 12,84%, e sem retroativo, para ativos e aposentados.

O SINTE/RN, com base nas informações obtidas em estudo feito pelo DIEESE a partir de balancetes do município, comprovou a existência de recursos do FUNDEB mais que suficientes para atualizar o Piso, com retroativo, e para todos.

BIOSSEGURANÇA NAS ESCOLAS

Além de exigir a atualização salarial do ano passado, a categoria cobra da Prefeitura condições de trabalho. Isso porque falta biossegurança nas escolas e Centros Municipais de Educação (CMEIs), bem como infraestrutura nos prédios.

33 visualizações0 comentário