top of page

Programa automotivo vai até juros caírem, diz Alckmin

Brasília (AE) - O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, repetiu nesta segunda-feira (3), que o programa de concessão de créditos tributários para a indústria automobilística reduzir os preços dos veículos novos é temporário, até que os juros comecem a cair. Na semana passada, o governo ampliou de R$ 500 milhões para R$ 800 milhões a parcela do programa voltada para os carros.



Programa de incentivos tem tido adesão massiva em todo País/ Agência Brasil


"A adesão ao programa automotivo foi enorme, o dinheiro acabou em quatro semanas praticamente. Foi complementado e continua o desconto. Isso vai passar. Os juros devem cair, os juros de mercado já estão caindo. Na hora que os juros caem, a maioria da população volta a comprar a prazo e reativa (a indústria)", afirmou em entrevista à BandNews.


Segundo Alckmin, as férias coletivas concedidas por algumas montadoras devem durar pouco, com a retomada da produção. "Temos uma indústria automobilística com capacidade de produzir 4,5 milhões de veículos por ano, e hoje 50% da capacidade dela está ociosa. Chegamos a vender 3,8 milhões de veículos por ano e no ano passado se vendeu 2,1 milhões", reafirmou o vice-presidente.

10 visualizações0 comentário

ความคิดเห็น


bottom of page