Rússia decide invadir Ucrânia, segundo rede pública americana


Foto: Vladimir Rodionov


O presidente da Rússia, Vladimir Putin, decidiu invadir Ucrânia após um período de tensão na região. Segundo a rede pública americana PBS News, a informação já teria sido comunicada às Forças Armadas do país.


O imbróglio começou pela exigência do governo russo de que os outros países do ocidente garantam que a Ucrânia não vai aderir à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), uma aliança militar liderada pelos Estados Unidos.


Na prática, o Kremlin vê essa possível adesão como uma ameaça à sua segurança.


O Reino Unido, um dos países que fazem parte da Otan, emitiu um aviso comunicando seus cidadãos a se retirarem da Ucrânia neste momento, enquanto há voos comerciais disponíveis, além de indicar que viagens não devem ser realizadas ao país. Em comunicado, a chancelaria britânica indica ainda que os cidadãos nacionais não devem esperar apoio consular ou ajuda na evacuação em caso de uma incursão militar russa. "A segurança dos cidadãos britânicos é nossa principal prioridade, e é por isso que atualizamos nossos conselhos de viagem. Instamos os cidadãos britânicos na Ucrânia a sair agora por meios comerciais enquanto estiverem disponíveis", afirmou a chancelaria do país.

11 visualizações0 comentário