top of page

RN prorroga campanha de vacinação contra influenza; cobertura atual é de 33%

No Rio Grande do Norte, 300 mil pessoas já foram vacinadas contra a influenza. O número, no entanto, ainda está distante da meta estabelecida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). De acordo com a pasta, o Estado atingiu apenas 33% da imunização da população contra a doença e, por isso, a Campanha de Vacinação contra a Influenza será prorrogada a partir desta quarta-feira (31).

Marcelo Camargo/Agência Brasil


De acordo com a Sesap, a vacinação está sendo ampliada em todo o estado com foco na população geral a partir dos 6 meses de idade. Para influenza foram destinadas 60 mil doses, outras 20 mil doses do imunizante bivalente da covid-19 e a mesma quantidade de vacina contra a febre amarela.

"Estamos fazendo um apelo para a população, principalmente os grupos prioritários. Observamos que esses grupos são os que tem maior número de hospitalização e óbito. Estamos vivendo uma sazonalidade de influenza e outras doenças respiratórias e a vacinação garante o não agravamento", explica Laiane Graziela, coordenadora do Programa Estadual de Imunização.

A vacinação contra influenza representa uma importante ferramenta de prevenção, pois consiste em uma infecção de elevada transmissibilidade, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais, sobretudo durante o outono e o inverno.


Quem pode se vacinar

A oferta da vacina contra a Influenza foi ampliada para todas as pessoas não vacinadas a partir dos seis meses de idade. A medida, recomendada pelo Ministério da Saúde, busca combater o aumento de internações decorrentes de infecções respiratórias, bem como diminuir atendimentos ambulatoriais.

A vacinação com a bivalente também foi ampliada e toda a população a partir de 18 anos de idade pode receber o imunizante. Já no que diz respeito à febre amarela, o público-alvo da campanha são pessoas com idade entre 9 meses e 59 anos.


A vacina influenza pode ser administrada na mesma ocasião de outras vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, então quem precisar tomar também a vacina contra a Covid-19 ou febre amarela pode fazê-lo no mesmo momento.




Com informações da Tribuna do Norte.

13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page