top of page

RN tem gasolina comum mais cara do Nordeste, aponta ANP

Levantamento da Agência Nacional de Petróleo foi feito entre os dias 5 e 11 de março e aponta preço médio no valor de R$ 5,96.



Carro sendo abastecido em posto de combustível em Natal — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi


O Rio Grande do Norte teve o maior preço médio de gasolina comum do Nordeste e o quinto maior do Brasil na última semana.


Foi o que apontou o Levantamento de Preços de Combustíveis da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) em pesquisa realizada entre os dias 5 e 11 de março.

Segundo a pesquisa, o preço médio de revenda da gasolina nos postos de combustível do RN durante esse período pesquisado foi de R$ 5,96 o litro. Esse é valor mais caro da região Nordeste - o segundo mais caro é o do Piauí, custando R$ 5,81.


No Brasil, o Rio Grande do Norte fica atrás de Rondônia (R$ 6,01), Roraima (R$ 6,08), Acre (R$ 6,09) e Amazonas (R$ 6,55) .

Ao todo, o levantamento monitorou os preços em 50 postos de combustível do Rio Grande do Norte e encontrou variação de preço de mais de R$ 0,50.

O preço mais barato da gasolina no estado na semana passada foi de R$ 5,63, segundo a pesquisa. O posto com o litro de gasolina mais caro, por sua vez, bateu os R$ 6,19.


Em Natal, o preço médio do preço do litro da gasolina foi de R$ 5,95, segundo a pesquisa, que analisou 16 postos. O menor preço encontrado foi de R$ 5,72 e o maior de R$ 6,19.


O aumento afeta motoristas de aplicativo e quem precisa abastecer o carro para o dia a dia de trabalho.

"É muito pouco. Antes era melhor. E a gasolina não acompanha as taxas que ganhamos como motoristas de aplicaitvo", explicou a motorista por aplicativo Marlene Bezerra.


"Aqui em Natal a gente já percebe quando tem esses aumentos. Anuncia o aumento, já aumenta nas bombas e os postos mantêm mais ou menos os mesmos preços. Pesa [no bolso] de todo mundo", lamenta o médico Luiz Quaresma.


A capital fica atrás das capitais Boa Vista (R$ 6,08), Manaus (R$ 6,57), Porto Velho (R$ 6,03) e empatado com Palmas.


Preço alto

Segundo o Sindicato dos Postos de Combustíveis do RN (SindPostos), um dos fatores para o preço da gasolina ser mais cara aqui no estado é a operação ser feita em Guamaré, distante da capital Natal.


"Nós temos alguns fatores que a gente acredita que faça com que nosso combustível fique mais caro. Um deles é a logística. A nossa base de suprimentos fica em Guamaré, a 200 quilômetros da nossa capital, e aí esse combustível tem que ir pra Guamaré, porque a nossa refinaria não produz toda ela, pra ser formulada e voltar pra capital e ser distribuída para os outros municípios", disse.




Com informações do g1 RN.

12 visualizações0 comentário
bottom of page