top of page

Rodoviária de Natal espera movimentação de mais de 20 mil passageiros na Semana Santa

Pelo menos 13 mil pessoas vão embarcar da capital potiguar e outras 10 mil devem desembarcar, segundo administração da rodoviária. Aumento é de 15% em comparação com 2022.


f

Movimentação na Rodoviária de Natal, no Rio Grande do Norte — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi


A Rodoviária de Natal estima que cerca de 13 mil passageiros irão embarcar no terminal neste período de feriadão de Semana Santa e Páscoa. Entre os desembarques, a expectativa é de 10 mil passageiros, totalizando a passagem de aproximadamente 23 mil pessoas.


A empresa que gerencia a rodoviária, no entanto, diz que em relação aos desembarques é apenas uma expectativa, já que não há a emissão de bilhetes em Natal para contabilização.

As viagens acontecem de forma mais frequente entre esta quarta (5) e a segunda-feira (10), dia de retorno do feriado prolongado.



Movimentação na Rodoviária de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi


O número de embarques é 15% maior do que no mesmo período no ano passado, de acordo com a administração da rodoviária.

Segundo a rodoviária, os destinos de viagens interestaduais mais procurados são:

  • Recife

  • João Pessoa

  • Fortaleza

  • Crato

  • Salvador


Já os destinos mais procurados no Rio Grande do Norte são:

  • Macau

  • Caicó

  • São Miguel do Gostoso

  • Mossoró

  • Assu

  • Currais Novos

  • Tibau do Sul (Pipa)

  • Jardim do Seridó

  • São Paulo do Potengi


As empresas de transporte que atuam no setor intermunicipal rodoviário do Rio Grande do Norte abriram 78 horários extras no feriado da Semana Santa, segundo a Associação das Empresas de Transporte Intermunicipais de Passageiros do RN (Transpasse), entidade que reúne cinco viações que atuam no RN.


"É um momento de união para muitas pessoas, que vão se reunir com suas famílias, passar o feriado ao lado dos familiares, enquanto outras querem descansar e curtir uma praia, por exemplo. Então, acreditamos que haverá o aumento na demanda", disse o diretor de comunicação da Transpasse, Wellington Oliveira.




Com informações do g1 RN.


12 visualizações0 comentário
bottom of page