top of page

Sem acordo salarial, motoristas do transporte público de Natal ameaçam greve

Categoria pede reajuste salarial de 8,3%, aumento de 50% no vale-transporte, além de melhorias no plano de saúde




Terminou sem acordo a primeira reunião entre motoristas de ônibus e os representantes do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Natal (Seturn). No encontro, ocorrido no Ministério Público do Trabalho na última sexta-feira (24), a categoria pediu reajuste salarial de 8,3%, aumento de 50% no vale-transporte, além de melhorias no plano de saúde.

Com o insucesso do encontro, uma nova rodada de negociações foi marcada para a próxima quarta-feira (29). Antes disso, na terça-feira (28), o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro) marcou assembleia geral para discutir um possível indicativo de greve.



Novo notícias.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page