top of page

Servidores do Detran e do Ipern fazem paralisação a partir desta quarta-feira 22

Categoria quer reajuste salarial e retomada de concursos, após governo condicionar diálogo à aprovação do aumento da alíquota-modal do ICMS



Funcionários do Detran do RN durante assembleia do sindicato que definiu paralisação a partir desta quarta-feira 22 - Foto: Reprodução


Servidores de órgãos da administração indireta do Governo do Rio Grande do Norte farão uma manifestação na manhã desta quarta-feira 22 contra a suspensão, pela gestão da governadora Fátima Bezerra (PT), das negociações sobre reajuste salarial e concurso público.


Pelo menos duas categorias vão paralisar as atividades: os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN) e do Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais (Ipern). No caso do Detran, a paralisação será nos dias 22, 23 e 24 (quarta a sexta). Já os funcionários do Ipern vão cruzar os braços só nesta quarta.


Além da paralisação dos funcionários do Detran e do Ipern, servidores de outros órgãos – como DER, Emater, Fundação José Augusto, Fundase e Idema – farão uma manifestação pelas ruas de Natal. Uma caminhada sairá das imediações do shopping Midway Mall em direção ao Centro Administrativo do Estado.


De acordo com Santino Arruda, vice-coordenador do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (Sinai-RN), a paralisação do Detran e do Ipern e a caminhada das demais categorias têm o objetivo de protestar contra a decisão do Governo Fátima de suspender negociações sobre reajuste salarial e concurso público. As categorias cobram, também, o pagamento de auxílio-alimentação, reestruturação de planos de carreiras e definição sobre o 13º salário de 2023.


“É insuportável a nossa situação com tantas perdas salariais. O governo anunciou que não vai ter mais recomposição enquanto não houver a definição sobre o ICMS em 20%. Isso deixou todo mundo apático, surpreso e numa situação muito ruim, porque havíamos acertado a recomposição salarial e tínhamos a indicação de que o concurso iria sair a partir de um TAG”, afirma Santino Arruda.


“Os servidores do RN estão cansados de esperar e as suas reivindicações são justas”, complementa o sindicalista.



Agora RN.

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page