top of page

Surfistas locais se destacam na abertura do CBSurf Taça Brasil em Baía Formosa

Alan Jhones e Gabriel Bruno conseguem recordes na terça-feira de boas ondas na terra do campeão olímpico Italo Ferreira. Segunda fase começa nesta quarta-feira.



Alan Jhones, CBSurf Taça Brasil Pena Pro Baía Formosa — Foto: Lima Junior/Pena


Dois surfistas de Baía Formosa - terra do campeão olímpico Italo Ferreira - se destacaram em casa na abertura da segunda etapa do CBSurf Taça Brasil 2023. Alan Jhones e Gabriel Bruno foram os recordistas da terça-feira nas boas ondas do Pontal, somando notas 9,00 e 9,33 nas vitórias por 16,17 e 17,16 pontos, respectivamente.


Alan foi o primeiro surfista de Baía Formosa a se destacar no cenário nacional, bem antes do surgimento de Italo Ferreira, que viria a conquistar o título brasileiro profissional, o título mundial da WSL e se tornar o primeiro medalha de ouro da história do surfe nas Olimpíadas.


Alan chegou a ser vice-campeão brasileiro, ganhou três títulos de campeão nordestino profissional, mas depois parou de competir. Decidiu se dedicar mais à família, se elegeu vereador de Baía Formosa, mas resolveu voltar ao surfe, especialmente após a entrada da nova diretoria da Confederação Brasileira de Surf.


Nesta terça-feira, Alan começou com o pé direito em casa, estreando com as marcas a serem batidas no CBSurf Taça Brasil Pena Pro Baía Formosa - a nota 9,00 e a soma de 16,17 pontos.


- Estou feliz que consegui avançar bem essa minha primeira bateria, com duas notas boas que me deram a classificação. O mar deu uma reagida legal e vai ter muito show de surfe aqui nessa semana. Competir em casa é sempre um prazer enorme, estar com a minha galera toda na praia. Eu já tenho grandes resultados aqui em Baía Formosa, então espero repetir o feito e sair com uma vitória aqui, se Deus quiser - disse Alan Jhones.


As marcas de Alan Jhones só foram ultrapassadas por Gabriel Bruno, que mostrou todo o seu conhecimento das direitas do Pontal. Ele registrou novos recordes no CBSurf Pena Pro Baía Formosa, com uma nota 9,33 e a soma de 17,16 pontos.


- A minha bateria foi boa, peguei um bom momento do mar, achei boas ondas e consegui fazer um 9,33, até agora a maior nota do evento. Estou feliz, competir em casa é muito bom, com o apoio da galera toda aqui e é só manter o foco para as próximas baterias. Acredito que a galera local dá uma força a mais, a cada movimento a galera grita e estimula a gente dentro d´água. Espero seguir assim, achando boas ondas nas próximas - destacou Gabriel Bruno.



Gabriel Bruno, CBSurf Taça Brasil Pena Pro Baía Formosa — Foto: Lima Junior/Pena


Segunda fase


Nesta quarta-feira, os recordistas do CBSurf Pena Pro Baía Formosa fazem sua segunda apresentação em casa. Alan Jhones vai competir na primeira bateria do dia, às 5h30, junto com outro local de Baía Formosa, José Junior, o também potiguar Jonatha Santos e o paraibano Ulisses Meira. Recordista absoluto da terça-feira, Gabriel Bruno está no penúltimo confronto da segunda fase, com o também potiguar Lucas Pires, o paraibano Reginaldo Filho e o gaúcho Gustavo Borges. Os dois melhores de cada bateria avançam para enfrentar os principais cabeças de chave da Taça Brasil 2023 na terceira fase.


Entre os surfistas mais bem colocados no ranking, o atual campeão brasileiro Israel Junior, que é mais um local de Baía Formosa, será o primeiro a estrear.



Com informações do Ge.

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page