top of page

Tite muda estratégia e confirma escalação reserva contra Camarões, com 3 dúvidas


Foto: Lucas Figueiredo/CBF


A classificação antecipada da seleção brasileira às oitavas de final da Copa do Mundo do Catar fez Tite abandonar o mistério que havia adotado antes dos dois primeiros compromissos da equipe no Mundial. A comissão técnica divulgou a escalação que enfrentará Camarões e confirmou que vai lançar mão de uma formação composta por reservas. Há, porém, três posições cujas vagas estão em aberto.


Nenhum jogador considerado titular irá a campo diante dos africanos nesta sexta-feira, às 16h (de Brasília) no Lusail Stadium. Tite já definiu quem será o goleiro, os zagueiros, os laterais, um dos dois volantes e dois dos três atacantes. Ederson será titular no gol, Daniel Alves e Alex Telles assumem seus pontos nas laterais e Éder Militão e Bremer formam a zaga. No meio, Fabinho está garantido. Seu parceiro será Fred ou Bruno Guimarães. Está é a primeira das três incertezas de Tite. As outras são relacionadas ao armador do time e ao centroavante. Rodrygo e Everton Ribeiro brigam por uma vaga na condição de articulador e Pedro e Gabriel Jesus disputam um lugar no comando de ataque. Nas pontas, está definido que Gabriel Martinelli jogará na esquerda e Antony na direita. A escalação, portanto, será formada por: Ederson; Daniel Alves, Militão, Bremer e Alex Telles; Fabinho, Bruno Guimarães (Fred) e Rodrygo (Everton Ribeiro); Antony, Gabriel Martinelli e Pedro (Gabriel Jesus). Nesta quarta-feira, Tite comandou um treino fechado, o que se tornou hábito na antevéspera das partidas. Ele não indicou os 11 titulares, mas pela primeira vez desde que iniciou a preparação para o Mundial Tite antecipou grande parte da escalação. Antes, o técnico havia escondido a equipe sob o argumento de não municiar os rivais (Sérvia e Suíça) com informações. No meio-campo, a maior probabilidade é de Fred ficar no banco. Isso porque o jogador do Manchester United é o único jogador do Brasil com um cartão amarelo na competição, e, se for punido novamente, ficará de fora das oitavas de final. Além disso, Bruno Guimarães entrou no decorrer do jogo com a Suíça e o time ganhou mais presença ofensiva. O atleta foi elogiado por Tite e pelo auxiliar técnico César Sampaio. Rodrygo surge como o favorito para ficar com a vaga no meio-campo, uma vez que desde a lesão de Neymar ele tem sido apontado como o jogador com características mais próximas às do astro do Paris Saint-Germain. Everton Ribeiro, mesmo tendo mais experiência na função, é considerado menos ofensivo. No ataque, Gabriel Jesus tem maior chance de começar o jogo. O atacante do Arsenal fez sua estreia nessa Copa do Mundo na segunda-feira, quando entrou no segundo tempo. Ele tem a seu favor o fato de poder jogar tanto pelas pontas, quanto pelo meio Esse poder de movimentação é apreciado pela comissão técnica. Pedro é considerado "terminal" por Tite, o clássico centroavante de área. No entanto, Jesus carrega a pecha de ter passado em branco no Mundial da Rússia, em 2018.

Tratamento Além da crioterapia e de sessões convencionais de fisioterapia, Neymar também faz uso de uma moderna bota ortopédica em seu tornozelo que mistura crioterapia e compressoterapia, como mostrou o craque brasileiro em publicação em suas redes sociais. A ideia da comissão técnica, em conversa com o departamento médico, é recuperar o jogador por meios tradicionais, sem ter de recorrer a infiltrações. Esta é uma alternativa que será usada em último caso, a depender do nível de dificuldade do adversário do Brasil na Copa ou do risco de eliminação. Números 39 anos tem o jogador Daniel Alvez que é o mais velho da Seleção Brasileira e será o atleta mais experiente da história do Brasil em Copas do Mundo. I


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page