Uber bane 1,6 mil motoristas por abuso em cancelamento de viagens

A Uber anunciou em comunicado oficial que baniu 1,6 mil motoristas do seu aplicativo nas últimas semanas pelo uso exagerado do recurso de cancelamento de corridas.

O pronunciamento ocorreu após nota da Associação dos Motoristas de Aplicativos de São Paulo (Amasp) ter afirmado que a empresa teria banido 15 mil motoristas do app.

“Foi uma exclusão sumária, o que deixou os motoristas em situação complicada. Nos termos de uso da plataforma, não há proibição à prática do cancelamento”, disse Eduardo Lima de Souza, presidente da Amasp, em entrevista ao G1.

A Uber se manifestou negando tal número e informando que foram excluídos apenas 1,6 mil profissionais devido ao excesso de cancelamentos – prática que, ainda de acordo com a empresa, vai de encontro aos termos de serviço do aplicativo para smartphones.

“A Uber esclarece que não ‘excluiu mais de 15 mil motoristas’, como afirma a associação ouvida pela reportagem. São cerca de um milhão de motoristas e entregadores parceiros cadastrados na plataforma da Uber no Brasil, e apenas uma minoria, cerca de 0,16% do total, apresenta comportamentos que prejudicam intencionalmente o funcionamento da plataforma e atrapalham outros motoristas e usuários que apenas desejam gerar renda ou se deslocar”, disse a empresa, em um comunicado divulgado também pelo portal.

A companhia de transportes também esclareceu que “assim como os usuários, motoristas podem cancelar viagens quando julgarem necessário”, no entanto, “cancelamentos excessivos ou para fins de fraude representam abuso do recurso e configuram mau uso da plataforma.”



Cancelamentos excessivos

O bloqueio em massa ocorre após uma onda de reclamações de usuários na demora de atendimento do app e cancelamentos recorrente de viagens, além da alta no preço mesmo em trajetos já conhecidos pelos clientes.

Para os motoristas, a justificativa da prática teria sido em parte por conta de alguns fatores como a crise gerada pela falta de margem de lucro e recentes reajustes da empresa devido à alta da gasolina no Brasil.

Em 2021, a Uber completou sete anos desde que chegou ao Brasil. Hoje, ela contabiliza 1 milhão de motoristas, um salto significativo se comparado aos 6 mil motoristas cadastrados no início de sua atividade no país.


Fonte: Portal Grande Ponto

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo