Vacinação contra Covid no RN completa um ano com 76% da população imunizada



Há exatamente um ano, em 19 de janeiro de 2021, a técnica de enfermagem Maria das Graças Pereira, profissional do Hospital Giselda Trigueiro, se tornou a primeira pessoa no Rio Grande do Norte a receber uma dose da vacina contra a Covid.


Nesta quarta-feira (19), a imunização no estado completou um ano. E aquela aplicação rara hoje se transformou em 76% da população potiguar imunizada com pelo menos duas doses da vacina.

Os dados são da plataforma RN+ Vacina, do governo do RN, que monitora em tempo real a campanha de imunização no estado.

Segundo o RN+ Vacina, 22% da população (mais de 700 mil pessoas), também receberam a dose de reforço, chamada ainda de terceira dose. Vejam os dados da plataforma:

  • 2,4 milhões de pessoas vacinadas com duas doses - 76%

  • 710 mil pessoas com a dose de reforço - 22%

  • 2,6 milhões com uma dose - 85%

De acordo com a plataforma, há ainda 226.824 pessoas com a segunda dose em atraso. Escassez, filas e progresso O início da vacinação no estado foi marcado por longas filas, principalmente em Natal, e chegou a faltar algumas vezes doses da vacina - tanto da primeira dose, quanto da segunda.


A chegada dos primeiros lotes da vacina contra a Covid foi comemorada em vários interiores do Rio Grande do Norte, com direito a aplausos da população.


O início da campanha também foi marcado pelos casos de fura-fila, que chegaram a ser investigados pelo Ministério Público.


Na semana em que completou um ano do início da vacinação, o estado começou a imunizar também as crianças de 5 a 11 anos, após o envio de doses específicas do Ministério da Saúde.


A vacina hoje está disponível ainda para qualquer pessoa a partir de 12 anos de idade. Aqueles que já tem pelo menos quatro meses da aplicação da segunda dose podem se vacinar com a dose de reforço.

16 visualizações0 comentário